Festa das rosas - Vila Franca do Lima (Viana do Castelo) - II

O primeiro post que aqui publiquei foi para mostrar a Festa das Rosas em Vila Franca do Lima - ver aqui - e passados dois anos volto a publicar um segundo post acerca daquelas festas, mostrando agora, fundamentalmente, pormenores e grandes planos dos cestos de 2008 e 2009.

...e mais não digo! Não se esqueçam: a festa ocorre todos os anos no segundo domingo de Maio. Passem por lá que não se vão arrepender.

Vila Franca do Lima - 2008 e 2009

As grutas de Ajanta - Maharashtra (Índia)

Depois de uma viagem de comboio desde Mumbai (que há uns anos atrás se chamava Bombay ou Bombaim), chega-se a Aurangabad, a estação mais perto de Ajanta. Daqui até às grutas serão ainda mais ou menos duas horas de táxi.
As grutas de Ajanta (há também quem lhes chame cavernas), situam-se no estado de Maharashtra e foram declaradas Património Mundial da UNESCO em 1982.
As primeiras grutas foram iniciadas no séc. II AC (!) e as últimas no séc. VII da nossa era. São 29 grutas (mas também li que são 30...32 ?!?) esculpidas na rocha vulcânica por trabalhadores que, dispondo apenas de escopros e martelos rudimentares, cinzelaram a pouco e pouco a rocha, talharam colunas, abriram espaços, esculpiram magnificas estátuas... Nas paredes e tectos aplicaram gesso e criaram extraordinárias pinturas coloridas. A maioria destas pinturas têm mais de 1500 anos e esses artistas desconhecidos, dez séculos antes do renascimento europeu, deixaram-nos pinturas realistas e mostram-nos que já conheciam a perspectiva e a profundidade!
A religião budista foi a impulsionadora da "abertura" das grutas, sendo que cinco delas são chaityas ou templos e as restantes são viharas ou mosteiros (de referir que em alguns destes há camas esculpidas na pedra, com almofada, onde os monges podiam descansar!). No séc. XVII o Budismo começou a desaparecer e as grutas de Ajanta foram esquecidas!!! Depois de vários séculos totalmente esquecidas, foram redescobertas em 1819 por um oficial britânico, sendo desde então desenvolvidos esforços para a restauração e para a conservação das grutas, especialmente das pinturas.

Ajanta