Tapetes de flores - Vila do Conde

Desde o séc. XV (há referências de 1466!) que em Vila do Conde se realiza a Procissão "Corpus Christi" (ou do Corpo de Deus). De quatro em quatro anos, integrada nesta celebração, a população cobre de flores as principais ruas do núcleo histórico da cidade. São "confeccionados" autênticos tapetes (ou passadeiras) de flores que a Procissão irá destruir ao passar.

É uma realização tipicamente popular (conta, no entanto, com o apoio da Confraria do Santíssimo Sacramento e da Câmara Municipal de Vila do Conde). Cada rua tem o seu "cabeça" (responsável) que, com a colaboração dos seus habitantes, projecta/desenha os tapetes. É decidido que cores/flores irão ser utilizadas, efectuados os desenhos e, a partir destes, feitos os moldes em madeira e folha de Flandres. São estes moldes que a população irá encher, num processo repetitivo, e assim formar o tapete. As flores são colhidas em todo o Norte de Portugal e, para a execução dos tapetes, são necessárias toneladas (a maior parte das quais campestres) e "verdes". O processo de execução dos tapetes é moroso e muito participado. A população, durante os 15 dias anteriores à Procissão, reune-se em animados e trabalhosos serões, em garagens, pequenos armazéns e casas particulares e vão desfolhando, pétala a pétala, folha a folha, pacientemente, as flores e os "verdes" que são seleccionados e guardados em locais frescos para serem aplicados durante a noite e madrugada do dia da Procissão. Nessa noite quase ninguém dorme e, ao raiar o dia, nas principais ruas do centro surge ao olhar dos habitantes e dos visitantes (que são milhares e milhares) os maravilhosos tapetes e paira no ar um aroma floral!

As fotos que mostro retratam os tapetes de 2002 (por motivos vários, entre eles a seca, não se realizaram os tapetes em 2001) e de 2005 (26 Abril).
A próxima Procissão com tapetes de flores cobrindo as ruas deverá ocorrer em 2009. Não faltem!

Vila do Conde

2 comentários:

maria disse...

É Linda a Imagem

glória disse...

Que maravilha! Tantas flores! Como um jardim gigantesco! E como deve cheirar bem...
É muito bonito! Adoro flores, e tantas assim juntas, a formarem todos aqueles desenhos lindos, deve ser uma das coisas mais deliciosas de se ver.
Pétala a pétala, folha a folha...o trabalho e a dedicação que exige são enormes. Mas os resultados mais do que compensam.
Adorei.
Beijinhos