Festa de S. Bartolomeu - Trajes de papel (Porto - Foz)

Todos os anos, no fim do mês de Agosto, realizam-se na Foz do Douro (Porto) os festejos em honra de S. Bartolomeu. Embora destes festejos façam parte diversas actividades (celebrações religiosas, feira de artesanato,...) neste post apenas vou mostrar o Cortejo dos Trajes de Papel. Este cortejo realiza-se na manhã do último domingo de Agosto, percorre diversas ruas da Foz e termina, invariavelmente, com todos os participantes a tomar um banho no mar (não serão todos... mas aparecem muitos(as) com coragem!) onde se desfazem os trajes...
Há notícias destes festejos anteriores a 1869, vindo dessa época o costume de romeiros ocorrem à Foz do Douro para tomarem o "banho santo".
Logo que acaba o cortejo de um ano, começa logo a pensar-se no cortejo do ano seguinte. Com o apoio da Junta de Freguesia (normalmente fornece o papel crepe usado na confecção dos trajes) as diversas colectividades (tem havido anos em que chegaram a participar perto de 20 diferentes colectividades) começam por definir o tema ou temas para o ano seguinte e iniciam a pesquisa para desenhar as "fatiotas". O corte e costura dos trajes desenvolve-se ao longo dos dois ou três meses anteriores ao cortejo. Trabalho amador que envolve muita gente, trazendo às colectividades onde o mesmo decorre algumas famílias completas (as mães e avós cortam e cosem, os pais ajudam e os filhos brincam), muito contribuindo para estreitar laços de amizade e manter a tradição.
No cortejo desfilam centenas de pessoas! Passam desde crianças pequenas ao colo de pais ou avós, até esses mesmos avós em grupos oriundos de lares de 3ª idade ou colectividades. A tradição vai-se assim transmitindo...
Os temas nos últimos anos têm sido muito variados, destacando: filmes portugueses e/ou estrangeiros, histórias infantis, profissões antigas, quadros históricos, cenas do quotidiano, banda desenhada, homenagens a algumas personalidades, etc.
As fotos que mostro são um "resumo" do que foram os cortejos nos últimos anos. São mostradas por anos e dentro de cada ano por grupos.
Se pretenderem ver ao vivo o cortejo passem pela Foz do Douro no último domingo de Agosto. Venham cedinho para verem desde o início ... geralmente acaba por volta das 13 horas.
Festa de S. Bartolomeu - Trajes de papel

1 comentário:

glória disse...

É preciso muita coragem para desfazer na água do mar roupas tão lindas! Se bem que aquela parte de fazer bolas de papel ensopadas para atirar ás pessoas, até é bastante divertida...
As roupas são realmente muitíssimo bonitas, e devem de dar um trabalho louco a fazer! Tradições assim, alegres e cheias de beleza, valem realmente a pena conservar!