Campos de concentração de Auschwitz e Birkenau (Polónia)

Auschwitz-Birkenau é o símbolo do Holocausto! São campos de concentração no sul da Polónia (a cerca de 60 quilómetros de Cracóvia) cuja construção se iniciou em 1940. Nesta área houve três campos de concentração principais (Auschwitz "propriamente dito", que ficou conhecido como Auschwitz I, Birkenau ou Auschwitz II e Monowitz ou Auschwitz III) e 39 campos auxiliares! (Auschwitz e Birkenau, são versões em língua alemã para os nomes polacos de Oświęcim e Brzezinka).

Para ver a localização no mapa Google "clicar" em Auschwitz ou em Birkenau.

Auschwitz I era o centro administrativo. A partir do "aproveitamento" de instalações militares polacas, este campo foi aberto a 20 de Maio de 1940 com a chegada de 728 políticos polacos. Este campo abrigava entre 13 e 16 mil prisioneiros (em 1942 chegou a ter 20 mil!). Começaram por ser membros da resistência e intelectuais polacos, prisioneiros de guerra soviéticos, mas rapidamente começaram a chegar judeus, prisioneiros comuns alemães, elementos anti-sociais e homossexuais. Neste campo terão morrido perto de 70 mil intelectuais polacos e prisioneiros de guerra soviéticos.

Auschwitz II (Birkenau) é o campo de concentração que aparece nos filmes e que a maior parte das pessoas conhece como Auschwitz. Ali foram aprisionados centenas e centenas de milhares de judeus, estimando-se terem ali sido executados mais de um milhão de judeus e ciganos (as estastísticas ainda estão em discussão...). Localizado a cerca de 3 quilómetros de Auschwitz I a sua construção foi iniciada em 1941 como parte da Solução final (Endlösung der Judenfrage). Com 2,5 km de comprimento e 2 km de largura chegou a albergar cem mil prisioneiros! O campo estava dividido em secções e estas em campos. Todas estas divisões estavam cercadas de arame farpado e cercas electificadas. O objectivo do campo não era manter prisioneiros como força de trabalho (como acontecia em Auschwitz I e III), mas sim exterminá-los. Para tal o campo estava equipado com crematórios e câmaras de gás.

Auschwitz III (Monowitz) e os outros campos auxiliares estavam relacionados com a indústria alemã nas áreas militares e metalúrgica. Monowitz estava associado à empresa I G Farben que produzia combustíveis líquidos e borracha sintética.

Desde 2002 que Birkenau é considerado Património da Humanidade pela UNESCO.
Auschwitz e Birkenau (Polónia)

NOTA: Já após a publicação deste post chegou-me às mãos um artigo intitulado Auschwitz: Os factos e a lenda que gostaria que lessem.
A mim pôs-me a pensar...

Festa de S. Bartolomeu - Trajes de papel (Porto - Foz)

Todos os anos, no fim do mês de Agosto, realizam-se na Foz do Douro (Porto) os festejos em honra de S. Bartolomeu. Embora destes festejos façam parte diversas actividades (celebrações religiosas, feira de artesanato,...) neste post apenas vou mostrar o Cortejo dos Trajes de Papel. Este cortejo realiza-se na manhã do último domingo de Agosto, percorre diversas ruas da Foz e termina, invariavelmente, com todos os participantes a tomar um banho no mar (não serão todos... mas aparecem muitos(as) com coragem!) onde se desfazem os trajes...
Há notícias destes festejos anteriores a 1869, vindo dessa época o costume de romeiros ocorrem à Foz do Douro para tomarem o "banho santo".
Logo que acaba o cortejo de um ano, começa logo a pensar-se no cortejo do ano seguinte. Com o apoio da Junta de Freguesia (normalmente fornece o papel crepe usado na confecção dos trajes) as diversas colectividades (tem havido anos em que chegaram a participar perto de 20 diferentes colectividades) começam por definir o tema ou temas para o ano seguinte e iniciam a pesquisa para desenhar as "fatiotas". O corte e costura dos trajes desenvolve-se ao longo dos dois ou três meses anteriores ao cortejo. Trabalho amador que envolve muita gente, trazendo às colectividades onde o mesmo decorre algumas famílias completas (as mães e avós cortam e cosem, os pais ajudam e os filhos brincam), muito contribuindo para estreitar laços de amizade e manter a tradição.
No cortejo desfilam centenas de pessoas! Passam desde crianças pequenas ao colo de pais ou avós, até esses mesmos avós em grupos oriundos de lares de 3ª idade ou colectividades. A tradição vai-se assim transmitindo...
Os temas nos últimos anos têm sido muito variados, destacando: filmes portugueses e/ou estrangeiros, histórias infantis, profissões antigas, quadros históricos, cenas do quotidiano, banda desenhada, homenagens a algumas personalidades, etc.
As fotos que mostro são um "resumo" do que foram os cortejos nos últimos anos. São mostradas por anos e dentro de cada ano por grupos.
Se pretenderem ver ao vivo o cortejo passem pela Foz do Douro no último domingo de Agosto. Venham cedinho para verem desde o início ... geralmente acaba por volta das 13 horas.
Festa de S. Bartolomeu - Trajes de papel